História de Higienópolis

Bairro de HigienópolisO Higienópolis é um distrito do município de São Paulo, situado no distrito da Consolação que pertence a Subprefeitura da Sé, na região centro da cidade

Como surgiu

A história do bairro de Higienópolis começa no século 16 quando a sesmaria do Pacaembu foi doada aos jesuítas por Martim Afonso de Souza. A extensa área era delimitada pelo caminho dos Pinheiros (Rua da Consolação), Emboaçaba (Av. Dr. Arnaldo) e pelo córrego Água Branca. Na época da doação, a região foi dividida em três áreas: Pacaembu de Cima, do Meio e de Baixo.

Mais uma vez, o café foi o grande responsável pela mudança... até urbanística. A partir de 1900, começaram a surgir os casarões ao longo da Avenida Higienópolis. A maioria construída por barões de café, que moravam antes no bairro dos Campos Elíseos, comerciantes e industriais. Poucas mansões sobraram desse período, algumas delas tombadas pelos órgãos de patrimônio histórico.

O primeiro período trata dos loteamentos feitos por Martinho Buchard e Victor Nothmann, na região da Maranhão Nos primeiros tempos, devido à origem européia dos empreendedores, foi grande a concentração de anglo-saxões na área. Atualmente Higienópolis é considerado um cio bairros de classe média alta da capital.

Sesmaria é o nome que se dá a grandes lotes de terra que o rei de Portugal cedia aqueles que se dispusessem cultivá-las. Eram em geral incultas ou abandonadas. O bairro de Higienópolis correspondia a parte dessa região denominada Sesmaria do Pacaembu, e ocupada pelos jesuítas nos primórdios do
Séc. XVI.

Durante muito tempo assim permaneceu, dividida em Pacaembu de Cima, hoje Higienópolis,Pacaembu do Meio, e Pacaembu de Baixo. Posteriormente, com a expulsão dos jesuítas, os lotes foram sendo adquiridos e os terrenos divididos em chácaras, muitas delas propriedade da elite paulistana.

O bairro Higienópolis nasceu no final do século passado acompanhando a expansão urbana da cidade promovida pela riqueza do café e o deslocamento do eixo da economia do norte do país para São Paulo.

Em 1890, dois comerciantes alemães, Martin Buchard e Victor Nothmann compraram parte da região do Barão de Ramalho e deram início ao loteamento das terras. Entre os primeiros ocupantes havia comerciantes estrangeiros, profissionais liberais e fazendeiros que traziam da Europa, principalmente da França, móveis; a planta das casas; o material de construção; e o estilo arquitetônico em voga naquela época. Algumas famílias ilustres ocuparam palacetes esplêndidos em vastas áreas com jardins e pomares, alguns deles, tombados pelo Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico Cultural e Ambiental de São Paulo. O prédio da Secretaria de Segurança na Avenida Higienópolis, construído em 1931, pelo fazendeiro Magalhães, é um belo exemplo da imponência daquele tempo.

Atualmente, o Centro Universitário Maria Antonia, pertencente à Universidade de São Paulo,ocupa a Vila Penteado, projeto do arquiteto sueco Carlos Ekman que incorporou à sua arquitetura elementos “art-nouveau” .

O Clube São Paulo, localizado entre as Ruas Martinico Prado e D. Veridiana, hoje bastante descaracterizado, ocupa a antiga residência da família Prado,construída em 1884 . Conhecida como chácara Vila Maria, a mansão de D. Veridiana Valeria da Silva Prado, filha do barão de Iguape, foi um dos locais preferidos dos intelectuais e da elite paulistana para seus encontros e discussões. A Semana de 22 foi certamente uma delas.

Na década de 40-50 alguns projetos de moradia residencial em prédios de apartamento foram o que se denomina hoje, modernistas. Não seguia o padrão de construção europeu. Entre eles, o Edifício Prudência e Capitalização, de Rino Levi, e dois edifícios de apartamentos naAvenida Angélica, ambos construídos e projetados pelo escritório de J. Artaxo Jurado: o Bretagne e o Parque das Hortências.

 

Infraestrutura, cultura, lazer e educação

Higienópolis, pela sua posição central na metrópole paulistana e pelo perfil histórico de Bairro de Higienópolissua população, apresentou a tendência de abrigar no próprio bairro e em seu entorno instituições culturais diversas, como: Casa Pia São Vicente de Paula, Fundação Armando Álvares Penteado, Escola de Sociologia e Política de São Paulo, Universidade Presbiteriana Mackenzie, Colégio N.S.Sion, Colégio Rio Branco, Colégio Ofélia Fonseca, Cúria Metropolitana, Igreja de Santa Terezinha, Igreja do Sagrado Coração de Maria, "Istituto Europeo di Design", Escola Panamericana de Arte, Aliança Francesa, Sociedade de Cultura Inglesa, Colégio Oswaldo Cruz, Colégio Nuno de Andrade, Colégio Claretiano, Sociedade Tradição Família e Propriedade (TFP), Centro Universitário Maria Antônia, Clube Piratininga.

Ao final de 1999 foi inaugurado no bairro o centro comercial Shopping Pátio Higienópolis, empreendimento polêmico que gerou grande repercussão e foi inicialmente mal recebido pelos moradores. Temiam-se impactos negativos no trânsito da região, já bastante conturbado, como também no uso comercial das lojas, não tendo sido permitidas lojas de departamentos, por serem consideradas populares.

O projeto foi muito criticado e sofreu resistêncas por parte de grupos preocupados com a preservação da qualidade urbanística do bairro, o que acabou gerando algumas modificações no projeto, o que poderá se modificar com a compra efetuada de grande área no entôrno, incluindo o palacete do milionário fazendeiro Nhonhô Magalhães, ou Carlos Leôncio Baptista de Magalhães, tombado pelo Patrimônio Histórico e que abrigava a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo.

Há três estações de metrô próximas ao bairro (Estação Marechal Deodoro, República e Santa Cecília) Atualmente encontra-se em construção a Estação Higienópolis, anexa à Universidade Mackenzie e ao cruzamento da rua da Consolação com a rua Piauí, além da Estação Paulista nos altos da rua da Consolação.



fonte:Mil Faces de São Paulo - Leviano Poncino - Editora: Fênix
http://pt.wikipedia.org/
  Sobre o EncontraHigienópolis
Fale com EncontraHigienópolis
Anuncie no EncontraHigienópolis
Cadastre sua Empresa no EncontraHigienópolis (grátis)



Termos EncontraHigienópolis | Privacidade EncontraHigienópolis


Bandeira da cidade de São Paulo